sexta-feira, 6 de abril de 2012

Medidas de Tempo

Existem diversas maneiras de se medir o tempo. Atualmente, a mais comum delas talvez seja nosso velho conhecido: o relógio. Apesar de bastante comum, o relógio ainda é bem recente comparado as outras formas de se medir o tempo.


Em tempos mais remotos as maneiras de se medir a passagem do tempo dependiam quase que exclusivamente dos recursos presentes na natureza, como: observação das estações do ano, tempo de cheia dos rios e observação dos astros, principalmente do sol. 
Os antigos egípcios e  mesopotâmicos, observando o sol, compreenderam que este deixava um sobra sobre os objetos, e desta forma, entenderam que era possível usar esse fato para se medir a passagem do tempo. Daí foram criados os primeiros relógios de sol.


A clepsidra, outro instrumento utilizado para se medir o tempo, possuía uma vantagem em relação ao relógio de sol, pois não dependia da existência do dia para funcionar. Ela consiste em dois recipientes contendo água, colocados em níveis diferentes, de maneira que água de um passe para o outro, respeitando-se uma determinada escala de tempo.



Seguindo-se o mesmo princípio da clepsidra, existe a ampulheta, que no lugar de água, funciona com areia. Tanto a clepsidra quanto a ampulheta servem para medir períodos de tempos, mas não para constatar hora do dia. 


Essas são apenas algumas das maneiras mais conhecidas de se medir a passagem do tempo.





7 comentários:

  1. oi professora e a rosiane parabens pelo seu blog ta adorei da para estuda a prova aki ta bjos da sua aluna

    ResponderExcluir
  2. ooooi,meu Nome é Ramyle,Esse seeu post me Ajudou Muito no meu trabalho escolar. Obrigada e Parabéns (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Ramyle, fico muito feliz em ter te ajudado. Acompanhe o blog e dê sugestões. Seja sempre muito bem vinda!!!

      Excluir
  3. bom dia sou um futuro professor em Moçambique e vou dar aulas de matemática sobre medidas do tempo como posso mediar a matéria aos alunos de modo claro

    ResponderExcluir
  4. Oi Sérgio, obrigada por comentar. Essa é uma questão difícil. Do ponto de vista da história a questão do tempo sempre foi e sempre será um desafio, tanto a nível conceitual, quanto em termos práticos. Além disso, tudo depende da idade dos alunos, os mais novos nao compreendem abstração. Então usamos comparativos, fotos por exemplo de um mesmo lugar mas em momentos diferentes, destacamos mudanças e permanências e também as idéias de antes, depois e simultaneamente, para tornar a noção de tempo mais próxima dos alunos, principalmente em se tratando de períodos longos. Espero ajudar de alguma forma.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário